Ter qualidade de vida passa por vários pontos:

1. Acho que ter acesso as informações sobre a hemofilia adequadas para o nível socio-cultural do paciente e sua familia é extremamente importante. Tem que APRENDER mesmo o que é hemofilia, e isso LEVA TEMPO E DEDICAÇÃO TANTO POR PARTE DO PACIENTE COMO DO SEUS FAMILIARES COMO TAMBÉM DOS QUE TRATAM DO HEMOFÍLICO.

Não adianta muito escrever coisas importantes se ninguem entende, nem consegue ler.

2 . Conscientizar que a hemofilia é do paciente e que ele tem um papel muito importante no tratamento.

1 e 2 são pontos a não ser esquecidos ja que vão ajudar a PREVENIR problemas no futuro como crianças que se expoem a situações de risco como brigas, atividades esportivas que levam a inevitáveis futuras sequêlas articulares.

3 . Acho que trabalhar intensamente a sua própria personalidade (os famosos CORPO E ALMA) ajuda muito a se sentir feliz com a vida e o que ela pode nos apresentar ou seja lidar melhor com a hemofilia.

fotos-da-hemoflia-turquia-e-blog-009.jpg

4. Você podería MUDAR A IDÉIA QUE SE tem por aí de que portadores de hemofilia não podem ser felizes, nem produtivos porque têm uma deficiência que em alguns casos deixam um comprometimento articular.! e aproveito para perguntar: QUAL É A IDÉIA QUE VOCÊ TEM DA SUA PRÓPRIA HEMOFILIA???

5. Aceitar o que é hemofilia más não se sentir vítima dela: o que quer dizer isso?

se você é um portador de hemofilia que está sofrendo atualmente com uma artropatía resultando de sucessivos sangramentos, ou se você está realizando seu tratamento para um vírus que contraiu, ou se você está sofrendo por algum outro motivo, SAIBA QUE VOCê DEVE TOMAR SUA VIDA EM MÃOS.

Procure dar UM TEMPO PARA SEU CORPO e comece a fazer fisioterapía seriamente, comece e tome coragem para realizar seu tratamento para a hepatite ou o vírus do Hiv, comece a ler e a praticar HABITOS SAUDÁVEIS DE ALIMENTAÇÃO,(www.nutricy.com) cuide de seu lado espiritual para esse setor liberdade de culto e rituais 🙂 , aprenda a ser interessante, a saber conversar, doe alguns minutos do seu tempo para fazer outras pessoas mais felizes.!

Como psicoterapeuta he visto acontecer mudanças maravilhosas em hemofílicos que QUISERAM mudar sua percepção da hemofilia e transformaram sua vida de queixas numa vida INTERESSANTE para eles mesmos e para aqueles que os rodeiam.

Esta nova visão da hemofilia aumenta a nossa qualidade de vida, aumenta nossa qualidade de ser humano.

6. As vezes é fácil, as vezes é mais árduo. Mas lembremos que:card-25.jpg

o caminhante caminhando chega ao seu destino, e até chegar lá : porquê não curtir as coisas lindas que aparecem no caminho?

7. É paradoxal más é assim que penso e vivo: quanto mais pensamos na desgraça que nos acomete, menos temos boas idéias para mudar nosso destino. images.jpg

About frederica cassis

My name is Frederica Dillen CASSIS, born of a Belgium mother and an Egyptian father, on the 3rd of January 1966 in Brussels, Belgium. I´ve travelled a lot, lived in many countries. Brazil is my seventh country and i live in Sao Paulo for 19 years now. Graduated in Clinical Psychology in 1991, I specialized in Junguian Psychology and in Hemophilia since then. LATEST PROJECTS: 1) Launching IN-HEMOACTION flash cards, where I added new topics like Inhibitors and their different treatments, physiotherapy and a some playful activities like video games! 2) HERO (Hemophilia Experiences Results and Opportunities) sponsored by Novo Nordisk since 2009, exploring through qualitative and quantitative analysis the psychosocial issues involving People with hemophilia, their carers and the health professionals in the treatment process. check this project in my blog www.blood4.wordpress.com Now, HERO is in Brazil! soon the results will be available. 2) P-TET (Pediatric Thrombosis Educational Tool) flash cards in evolution stage, for kids on anti-coagulant treatment...inspired on IN-HEMOACTION flashcards success. 3) I am a co-author along with psychologist Irene Fuchs and Edward Kuebler of a booklet called "Communication, love and sexuality for people with hemophilia, carriers and family" 4) an on going process of a systematic review for the Cochrane Collaboration about "psychological interventions for people with hemophilia and their families" On a more personal level i have 3 three great not anymore children :) Danaê 24, Rubi 18 and Iggy 15) and i love to jogg, dance and read. To walk and look for shells on a beach too and I discover that i love deserts...:)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s